O avanço das horas durante a madrugada
é acusação do tempo
ponteiros em riste, dizendo

no ritmo dos segundos que seguem
uns aos outros

que a escuridão está se alastrando
lá fora, pelas ruas
aqui dentro, bem fundo

que a noite irá se prolongar
ao infinito,

mas a acusação não…

--

--

Quando eu afundava a mão n’água da piscina e a via, submersa, deformada, trêmula, os dedos todos disformes, eu não entendia. Não só não entendia: eu temia.

Era como se a minha própria mão se transformasse em outra coisa, e eu a puxava de volta para a superfície, ficando aliviado…

--

--